Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos

Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos 1

Se quer conhecer uma América diferente com toda tradição inca e de uma riqueza histórica imensa, o destino ideal é a cidade de Arequipa situada no Peru. Em cada pedacinho desse lugar irá se emocionar com tantas belezas históricas e naturais. Para matar sua curiosidade vou lhe apresentar agora um pouco de Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos. E também os principais pontos turísticos da cidade.

Minha passagem por Arequipa

Minha passagem por Arequipa foi durante meu Mochilão: Bolívia, Chile e Peru. Fiquei uns 3 dias pela cidade… Contratei uma agência para fazer o city tour pela cidade, o passeio para conhecer o Mirador de los Andes – Cordilheira Vulcânica onde fica o Vulcão El Misti, símbolo da cidade e Canyon del Colca, o canion mais profundo do mundo pra assisti o voo do Condor. Fui visitar o Museu dos Santuários Andinos, onde encontra-se a famosa Múmia Juanita e por fim o Convento de Santa Catalina. Vou falar desses pontos turísticos no final, depois de contar um pouco sobre a cidade de Arequipa.

Nesta foto eu estava em um restaurante, que eu não lembro o nome, mas com uma belíssima vista para a Plaza das Armas de Arequipa.

Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos 2

Sobre Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos 

A cidade de Arequipa, segunda maior do Peru com mais de um milhão de habitantes,  está localizada a 2300 metros de altitude, abrange uma área de oásis em um vale de montanhas da Cordilheira dos Andes e está cercada por diversos picos, entre eles o El Misti com 5.822 metros de altura que de longe você pode avistar o topo coberto de neve (foto acima da capa). Assim como Sucre – Bolívia, Arequipa também conhecida por “cidade branca” devida sua arquitetura fazer uso de pedras claras de origem vulcânica. Mas Sucre é bem mais branca, leia o artigo: 8 motivos pra conhecer Sucre, Capital da Bolívia. Cidade Branca da América!

As Múmias

Localizado na Casa de La Cultura, da Universidade Católica de Santa Maria em Arequipa, o Museu de Santuários Andinos guarda objetos e várias múmias de aproximadamente 550 anos, todos correspondentes a cultura Inca. É uma interessante coleção de oferendas incas aos apús, montanhas sagradas, além do corpo da múmia Juanita, que é a mais famosa de todas as múmias. A visita acontece sempre com o acompanhamento de um guia, primeiro é transmitido um vídeo de 20 minutos que fala sobre a pesquisa sobre os Santuários Andinos e suas descobertas que estão expostas no museu.

Os Vulcões  

Arequipa é rodeada por Cadeia de picos e vulcões de mais de 50 km de comprimento nos arredores da cidade de Arequipa. Os cumes mais escalados são o Misti (5.825 metros), o Chachani (6.075 metros) e o Pichu-Pichu (5.664 metros). Um dos símbolos da Cidade, o vulcão El Misti é muito visitado por escaladores de todo o planeta. Do topo você avista paisagens incríveis de toda cidade e do Vale do Chili. É um vulcão ativo que já registrou aproximadamente 5 erupções no século XX. Você até pode escalá-lo, mas tem que ter ótimo preparo físico e experiência nesse esporte.
Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos

Os Terremotos

Arequipa é uma área sujeita a manifestações vulcânicas e sísmicas, devido à forte pressão das placas tectônicas do Oceano Pacífico e da América Latina. Com escalas variando entre 5 e 8 graus na escala Richter, Arequipa já sofreu vários terremotos intensos. Vou citar alguns:

  • 1582 e 1587 –  cidade foi destruída!
  • 1600 – já reconstruída, houve 200 tremores fortes que destruíram novamente a cidade que depois foi reconstruída pelos espanhóis.
  • 1687 e 1868 – destruiu várias igrejas, sendo que a reconstrução da Catedral aconteceu em 1898.
  • 1958 e 1960 – Arequipa foi destruída parcialmente.
  • 2001 – todas as construções da cidade foram destruídas. Derrubou uma das torres da Catedral, que já tinha sido reconstruída.

Com o apoio do governo, da iniciativa privada e dos próprios arequipenhos, quase 100% de todas construções de Arequipa se encontram reconstruídas!Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos

O que fazer na cidade de Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos?

1- Contemplar a beleza da Plaza da Armas e visitar a Catedral

É o lugar de fundação da cidade em 1540 é uma praça emoldurada por arcos estilo romano que se destaca pela conservação e beleza. Plaza de Armas concentra vários restaurantes, agências de turismo, casas de câmbio lojas de artesanato e outros. Ela e a de Cusco são as mais bonitas do Peru e de toda a América do Sul. Eu sou suspeita em falar, porque conheço as duas e acho lindas, mas dizem que a preferência dos viajantes é a de Arequipa. A Catedral tem a fachada construída toda em sillar, a pedra vulcânica branca. O passeio ao Museu leva os visitantes até a torre da catedral, onde se pode ver os sinos gigantes e a vista privilegiada da cidade. A visita é feita com um guia interno, que também recebe uma gorjeta ao final. Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos 3

2- Visitar Convento de Santa Catalina

Antes funcionava como um grande convento e depois se tornou uma pequena cidade isolada de Arequipa. A cor das paredes, arquitetura colonial e elementos decorativos são originais. Em seu interior funciona uma excelente pinacoteca. Existente há mais de 4 séculos é um Passeio imperdível para você fazer em Arequipa!Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos 6

3- Conhecer o Museu Santuários Andinos e a Múmia Juanita

A famosa múmia que recebeu o nome de Juanita, pelos homens que a tiraram do gelo, foi encontrada em 1995 no cume do vulcão Ampato. Observe que interessante – é uma menina inca de mais ou menos 12 ou 14 anos de idade que foi sacrificada como oferenda aos deuses durante um ritual que acontecia no alto do vulcão! Por 500 anos Juanita ficou presa no gelo enterrada ao lado de objetos de Cultura Inca.

Quando você estiver no corredor do museu, um guia abrirá uma cortina preta e você vai se deparar com um caixote de vidro bem ao centro. E lá está ela! Juanita super conservada com boa parte do corpo coberta de gelo. Os detalhes de sua face são observados com muita clareza e certamente não lhe deixará dúvidas que é o corpo de uma criança. Também chamada de Donzela do Gelo, Juanita está coberta por trajes incas. A múmia Juanita está exposta de maio a dezembro e nos outros meses é retirada para estudos em laboratório. Fora este período é exposta outra múmia bastante conhecida também, a Sarita. Obs: Leve casaco, pois as salas do museu são geladas.Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos

4- Ir ao Mirador de los Andes – Cordilheira Vulcânica

O Mirante dos Vulcões está a 4.800m, está entre Chivay e Arequipa. Nele é possível ver os vulcões El Misti, Chachani, Ampato, Sabancaya e outros. Como pode observar na minha foto, o mirante é bem frio!
Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos 4

5- Assitir o voo do Condor no Canyon del Colca

É o Canion mais profundo do Mundo, com 3.400 metros de profundidade, sendo bem mais profundo que o Grand Canyon, nos Estados Unidos, que possui uma profundidade de 1.600 metros. Esse passeio parte na madrugada pra dar tempo de chegar e ver o voo do condor. Sim! eles têm horário pra voar. O Condor e a segunda maior ave do mundo que habitam na Cordilheira dos Andes.Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos 5

OBS: Os passeios Canyon del Colca e Mirador de los Andes – Cordilheira Vulcânica, pertencem ao mesmo tour que leva praticamente o dia todo. Na Plaza das Armas tem várias agências para contratar o tour, não precisa agendar nada aqui no Brasil.

Onde Ficar?

Para a galera Mochileira que gosta de festas e fazer novas amizades, super recomendo ficar hospedado no Wild Rover Hostel Arequipa. Eu adorei !!! (Não achei no Booking, mas no site do Wild Rover você reserva). Mas se preferi pelo Booking, selecionei boas opções de hostels em Arequipa.

Quando eu fui, não foi alta temporada… então consegui reservar quando cheguei. (Eu estava em um Mochilão, por isso não reservei antes, pois não sabia precisamente quanto tempo ia ficar em cada cidade).  

Dicas:

Arequipa está localizada a 2300 metros de altitude e alguns viajantes podem sentir algum desconforto pelo impacto do ar rarefeito em seu organismo. Esse desconforto é conhecido como “Mal de Altitude” (clique e saiba mais sobre esse mal). Na fase de adaptação os sintomas mais comuns são dores de cabeça, náusea, tontura, respiração curta e perda de apetite. É importante fazer uma consulta médica antes de viajar, pois o médico irá indicar um medicamento. Outra dica é mastigar ou beber em chá as folhas de coca para aliviar esses sintomas.

No Instagram @roteiroviagemdemochileiros você encontrará mais fotos da minha viagem à Arequipa entre outras. Pesquise pela hashtag #roteiroviagemdemochileiros

Boa Viagem, Mochileiros!!

Booking.com

Economize em Passagens Aéreas. Conectamos você com quem tem milhas sobrando. Clique abaixo! Imagem 4


Arequipa, a terra das Múmias, Vulcões e Terremotos
Avalie esta postagem

Tenho certeza que você vai gostar também:

O Booking é um dos maiores sites de hospedagem do mundo que ajuda os viajantes decidirem a reserva com base nas dicas, comparação de preços, fotos do estabelecimento, avaliações e comentários feitos por ex hóspedes principalmente nos quesitos: atendimento e higiene do local. Fizemos uma parceria com o booking e você reservando por aqui, ajuda o blog a manter atualizado com novas dicas de viagem. Lembrando que você leitor não paga mais nada por isso! E apenas acessando através da imagem/pesquisa abaixo e não reservando ou reservando e cancelando não ganhamos nada. Também não ganhamos nada apenas por divulgar o site deles. CLIQUE ABAIXO e pesquise bastante usando os filtros, tenho certeza que encontrará uma hospedagem ideal pra você! Eu uso sempre e recomendo!
Booking.com

Comentários